Nação Zumbi, Fios e Formas.

Estava tudo se encaminhando para uma noite tranquila, onde eu partilharia da boa companhia de meus dois travesseiros fedorentos em minha caminha igualmente fedorenta.

Todavia, o imponderável apresenta-se em formas misteriosas. Que acabou nos levando às prateleiras do Angeloni, de onde saímos com uma garrafa de vinho francês e outra garrafa da cerveja Bohemia em sua chiquíssima versão afro-descendente.

Um pouco mais tarde, postávamo-nos diante do Fios e Formas, para a apresentação da Nação Zumbi. E no foi nenhuma surpresa estar dentro do Fios e Formas, trêbado, ouvindo os esforços percussivos do Maracatu aqui de Floripa.

Um parênteses: que maracatu branquelo e azedo, diabos! É uma bela iniciativa, mas fica aquele travo estranho em ver aquele escandinavo entoando cânticos da cultura negra, e aquele povo universitário bicho-grilo filhinho de papai tocando. “Pouco genuíno” é minha forma delicada de descrevê-los.

Quanto à Nação Zumbi, eu entrei previamente decepcionado pela apresentação do Curitiba Pop Festival, mas eles tinham uma desculpa, pois a condição em Curitiba não foi lá muito favorável a eles. Desta forma, fui de mente limpa para vê-los.

E me decepcionei de novo. Eles são realmente inventivos, competentes e tudo mais. Pulei bastante, berrei, mas, caramba, alguém poderia colocar neles aquela cereja, aquela que diferencia o trigo do joio da produção artística?

Ah, acabo de me lembrar: Chico era a cereja. O resto é apenas uma sombra monstruosa de glacê.

Anúncios

Sobre gilvas

Pedante e decadente, ao seu dispor.
Esse post foi publicado em Música e marcado , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s