Los Hermanos: Teorias

1. O usuário médio de câmeras digitais é um total imbecil. A obsessão deles em registrar durante o show revolta a bile de qualquer cidadão com a mínima noção do que seja fotografia;

2. O fã médio do Los Hermanos, quando em coletivo, assume uma postura que poderia ser descrita como a de uma Patuléia Desvairada Pseudo-esclarecida. Isso inclui pisar em bancos do teatro e ficar em pé diante do palco, atrapalhando a visão do restante da platéia, mesmo tendo sido alertado para não fazer isso. Uma variação do revoltadinho de xópis;

3. A percepção de que um show é um imenso karaokê não é exatamente gloriosa, mas penso que os cultísimos fãs da banda carioca desconhecem tal fato, ou imaginem que isso aconteça apenas em shows de artistas populares, como o Lulu Santos;

4. Os fãs da banda carioca não entendem que aplausos devem ser produzidos após o término da canção, e não durante ela, mesmo que não existam mais vocais para serem mal imitados;

5. Se houvesse uma versão hermanos Warner, o Camelo seria o Pernalonga e o Amarante seria o Patolino; não tenho esperanças que o fã médio do Los Hermanos entenda isso, até porque ele não foi agraciado com a dádiva do bom humor;

6. Assustador como o Camelo está ficando igual ao Belchior. O fato de eu não saber o destino atual do célebre compositor de bigodão apenas torna tudo mais tenebroso e conspiratório;

7. Alguém andou contando para parte da patuléia desvairada pseudo-esclarecida que seria um show do Morrissey, e eles responderam com ramalhetes. Sim, é uma teoria que não será absorvida por indies moderninhos;

8. Alguém deveria dizer para os caras que eles não precisam tocar tão alto se há tantos instrumentistas no palco. Os caras tocam como se estivessem em um trio, e a naba fica toda embolada;

9. Deveriam liberar o uso de armas de fogo para conter certos arroubos histéricos, como o da mocoronga que subiu ao palco para pegar autógrafo do Amarante. Aliás, o rapaz estava realmente num dia de Amor e Ódio, pois logo antes havia tomado uma camisetada nos cornos, à qual quase sucumbiu de forma bíblica.

Passando a régua, boa apresentação, embora abundasse a falta de noção na platéia. Quase tão chata quanto a platéia do U2.

Anúncios

Sobre gilvas

Pedante e decadente, ao seu dispor.
Esse post foi publicado em Música e marcado , , , , , . Guardar link permanente.

7 respostas para Los Hermanos: Teorias

  1. Pry disse:

    2004, eu tinha 11 anos, tive depressão ;//
    Gosto de ouvir-los.

  2. Xandy disse:

    Hummm… perdi essa. Isso só vem provar que o melhor lugar pra ouvir um bom show é em casa… hi hi hi.

  3. anônima disse:

    Ah tá, agora entendi a analogia Amarante x platéia e a minha relação. Não tinha lido tua resenha…

    Eu digo que deveria ter cinto para prender as pessoas na poltrona… com direito a choque e td. Hihihihihi. A palavra aborrecente faz sentido nessas horas.
    Engraçado, achei que era só eu que tinha achado muito alto o som…

  4. humberto mac disse:

    tá vendo? é por isso que eu não gosto de pessoas.

    Se não fosse a campanha do desarmamento…

  5. hihihihi… é, acho que é isso mesmo… e pensar que houve um tempo em que o público dos barbudos era realmente interessante, ali por volta daquele momento impreciso antes dA Fama….

  6. theopi disse:

    se tu estavas esperando mais que isso, invejo tua esperança na raça humana.

  7. Fê disse:

    plaft
    plaft
    plaft

    ou seja lá qual for a onomatopéia mais parecida para demonstrar palmas!

    beijos

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s