Amor e outras coisas

A VIP está tentando me conquistar. Aliás, acho que é a Abril inteira, depois do episódio das revistas que lançaram por cima do meu muro.

Desta vez, eles forma mais na manha: mandaram uma promoção de assinatura e o que eles chamam de “vidão”. Como exemplo, eles colocaram uma foto da Cicarelli sentada em uma bola, e umas chamadas de capa do tipo “trinta formas de dar um fora nela” e “gostosas olímpicas”.

De certa forma é um serviço para a humanidade: padronizar as relações humanas. Vou explicar. Este negócio de relações humanas é bem complicado, e se baseia na comunicação. Entretanto, hoje em dia existem tantas formas de comunicação que as pessoas já não se comunicam mais; em vez disso, ficam configurando seus programas de correio eletrônico, testando as campainhas ridículas do celular, mudando o template do seu blog, e acaba não sobrando tempo para conversar com as outras pessoas.

aliá, já notaram como os celulares atuais vêm com dezenas de campainhas, e nenhuma delas presta? todas são horrorosas e, disparadas em um espaço público, vão te fazer ruborizar caso sejas uma pessoa com o mínimo senso de ridículo.

Voltando. O problema da comunicação pode ser resolvido se os rituais humanos forem padronizados. Se as revistas masculinas, por exemplo, apresentam “trinta formas de dar um pé na bunda da namorada”, as femininas podem apresentar um curso de interpretação delas, e usar um eufemismo qualquer, porque, afinal, nenhum chutado quer carregar para casa a sua auto estima devastada sem alguma compensação auto-ilusória. E vice-versa! Imaginem, acabaram aqueles problemas com aquele cara chato que acha que você não pode viver sem ele! O insistente vai saber, pelos códigos explícitos da revista que ele lê, que aquilo efetivamente foi um pé na bunda, do tipo que deixa marcas profundas e não permite apelação em nenhuma vara judiciária.

Chega de subjetividade! A revista Nova já vem provando  às mulheres que o importante é ter uns cremes legais e uma boa contagem de orgasmos; que custa definir outras regras claras, para felicidade da humanidade?

Mas a VIP não me conquistou.

***

E o que vem acontecendo com os casais felizes? Parece que todo mundo está se separando. Quando não estão se separando, estão juntos pela força das circunstâncias, num cinismo que me assusta.

Eu protesto! Quero continuar cantando:

And though I walk home alone
I might walk home alone …
…But my faith in love is still devout

Casais felizes, manifestem-se. Ou vou ter de ir ao show do Wando para encontrá-los?

Anúncios

Sobre gilvas

Pedante e decadente, ao seu dispor.
Esse post foi publicado em Filosofia de Boteco, Mau Humor e marcado , , , , , , , . Guardar link permanente.

8 respostas para Amor e outras coisas

  1. walber disse:

    Logan,
    Casais felizes existem sim… Mas não podem sair falando abertamente dessa felicidade pois seriam mal entendidos, olhados com desconfiança, medo e.. até… segregados.
    Nós não dizemos que somos felizes por que isso nos basta.. Não precisamos de bandeiras e festas.. Mas somos solidários com quem ainda não é feliz… A felicidade alheia incomoda… Machuca mais que a própria infelicidade…
    Casais felizes existem.. mas se escondem disfarçados no marasmo do dia a dia.

  2. MM disse:

    Por favor, não vá ao show do Wando…o que seria de nós se vc se convertesse? Onde estaria nosso norte? Precisamos de seu farol

    Esse está sendo o tópico top, ganhando disparado em réplicas…Tocou no sonho construido desde a infância “e foram felizes para sempre”.
    Eu acredito em felicidade, no amor…mas não no imaginário “para sempre” .
    Afinal o “para sempre” é sempre a ultima cena do filme ou a última página do livro. O que viria depois?
    E vc sabe que a continuação nunca é tão boa, nem o remake
    No entanto, confesso, sou uma romântica inveterada que acredita em um “para sempre” que pode durar quase nada ou quase tudo. O importante é que seja real. Acho agoniante ficar contando o tempo do estar junto e esquecer de viver e valorizar o presente de “se estar junto numa entrega total com o amor de nossa vida”.
    Estar junto por conveniência, realmente é um cinismo…isso deixo para a política

  3. sol disse:

    Tenho observado o mesmo. Mas acho que agora já estou vacinada. Pelos próximos 10 dias, ao menos.

  4. Os Ursos disse:

    Olha Gilvas, não posso falar pelos ‘casais’ por aí, mas cá estamos, firmes, fortes e muuuuuito felizes. E isso soou pessimamente brega entre muitas outras coisas hahaha.

  5. carol disse:

    eu tive muita sorte. fui imensamente feliz por várias vezes e por muito tempo. acho que foram 3 anos, depois 4 anos e depois 2 anos. cada vez com uma pessoa muito doce e muito especial. mas todos acabaram, do mesmo modo que a gente vai acabando e se tornando outro de vez em quando. eu acredito em coisas duradouras e de uma felicidade límpida e constante. um respeito amistoso. mas já faz tempo viu… acho que andei dando sinais demais que eu estava bem sozinha. até demais. mas já não posso afirmar isso com a franqueza necessária.

  6. Dani disse:

    Pior que vai ter show do Wando mesmo.

  7. Tatiana disse:

    Oras, Gil, casais felizes existem, só que pelo que tenho percebido eles não existem por muito tempo. Parece-me que está cada vez mais difícil duas pessoas viverem intimamente e felizes por muitos meses consecultivos. Mas ainda tenho esperanças e vc também deveria ter. Beijos.

  8. Inês disse:

    show do wando foi otima! por isso que aboli a leitura de revistas assim, e olha que até vip eu já devo ter lido. mas até em salas de espera, eu levo meu livro na mochila. não consigo.. o máximo que me permito fazer é dar uma olhadinha nas (hilárias) manchetes de capa pra me divertir e até me surpreender um pouco. da mesma forma que muitos casais estão juntos pura e simplesmente pelas circunstâncias e comodismos, acho que a maioria das pessoas recorre a esses padrões de comportamento para não ter que pensar muito, tomar decisões complicadas e enfim.. tornar as coisas mais fáceis.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s