Ora, calorias…

chargee1985

Adquiri alguns vícios já em minha tenra idade, o que não deve surpreender ninguém: os anos oitenta foram pródigos em besteiras deliciosas. Foi naquele tempo que eu comecei a comer Tablito, e foi naquela época que eu comecei a comer Charge.

Dias atrás, um amigo teve as manhas de dizer que “o Charge é o chocolate predileto de quem não gosta de chocolate”. Ele não explanou as razões, mas elas são óbvias. Primeiro, o Charge é feito pela Nestlé, cujo chocolate não é exatamente o melhor feito em terras tupiniquins; o Garoto é nitidamente superior. Segundo, vai pouco chocolate no Charge; a maior parte é amendoim e nougat.

Minhas noções sobre a linha de tempo do Charge são ralas, e eu não estou com vontade de escarafunchar endereços eletrônicos em busca de dados, pois temo dar de cara com alguma daquelas deprimentes retrospectivas oitentistas. Entretanto, sei que houveram algumas versões do Charge. Uma delas saiu coisa de quatro anos atrás, era uma embalagem mais clara, e o conteúdo tinha ainda menos chocolate, caprichando no nougat e no amendoim. Os primeiros exemplares desta delícia eu encontrei no interior de São Paulo, em uma das minhas diversas incursões de um romance antigo. Mais recentemente, lançaram uma idéia tão fadada ao fracasso quanto a linha de carros médios da Volkswagen: um Charge que mais parece um Sensação, com tudo de ruim a que tinha direito; tomara que tirem logo de linha.

Hoje, meu complemento de almoço me deu uma decepção. Inicialmente, notei que ele estava menor dentro da embalagem, o que ocorre de vez em quando. Ao abrir, a sensação de diminuição se confirmou, mas meu autocontrole consegue resistir aos impulsos justiceiros da minha gula, que, além disso, não estava afim de aguardar muito pelas calorias que aquela singela barrinha prometia.

Qual não foi a surpresa quando eu a mordi, e percebi um descolamento muito fácil do fragmento escolhido pela minha mordida. A razão era simples: o nougat estava meio farelento, como se a massa não tivesse chegado ao ponto correto de temperatura, que proporcionaria o correto derretimento do açúcar, e a conseqüente viscosidade característica das boas safras de Charge.

No momento, estou analisando se meu ímpeto de comprar mais um Charge se deve à vontade de ter uma prova de que o produto estava adulterado, ou se é apenas a minha solitária clamando por mais açúcar.

Anúncios

Sobre gilvas

Pedante e decadente, ao seu dispor.
Esse post foi publicado em Gastronomia e marcado , , , . Guardar link permanente.

5 respostas para Ora, calorias…

  1. Dani disse:

    Charge? Não gosto por incrível que pareça…mas tem um que adoro que pra variar nunca lembro o nome, mas prometo levar um pra vc um dia desses e ver sua opinião…
    Adoro Chokito, mas ele já foi bem melhor tb hehehe
    Bjks e boa semana

  2. Dani disse:

    o laka é o melhor!

  3. Ox disse:

    Sei lá, esse troço de diminuir as comidas e aumentar os preços é coisa do capeta, só pode ser. Daqui a pouco os caras vão querer vender melancia do tamanho de maçã e com preço de caju. Ontem quase fui atropelado: comprei um charge numa banca de revistas e na hora de atravessar a rua me distraí com a finíssima camada de chocolate com espessura nanométrica. Quem seria o responsável? O autor desse texto, o Sr. Sinestesia!

  4. zoiúda disse:

    putzzz
    charge é muito bom…
    essa diminuição no tamanho das besteiras não é de agora não, eu como apreciadora veterana venho observando isso há algum tempo.
    O nescau, por exemplo, tá uma porcaria, só tem açúcar, cacau 0%…
    ah. tenho muitas reclamações a fazer, mas não vou entulhar teu negocinho…
    🙂

  5. fabito disse:

    rapaz,

    experimenta o snickers. é maior e menos doce. tem mais amendoim.

    já fui viciado em charge, hoje em dia sou viciado no tradicional sonho de valsa.

    [aliás… que drogas tomavam as pessoas que escolhiam o nome dos chocolates antigamente, hein ? daria um bom post].

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s