Conceito aplicado: Bildung

Traduzindo toscamente um trecho do verbete da Wikipedia:

O termo refere-se à tradição alemã de auto-cultivo, (em relação ao alemão para: criação, imagem, forma), onde a filosofia e a educação estão ligados de maneira que se refere a um processo de amadurecimento tanto pessoal e cultural. Esta maturação é descrita como uma harmonização da mente e do coração do indivíduo, e em uma unificação de individualidade e identidade dentro da sociedade mais ampla, como se evidenciado pela tradição literária do Bildungsroman.

Fiquei com preguiça de traduzir o resto, e também de colar aqui, então siga o link se estiver interessado em uma conceituação mais avançada, com direito ao uso de termos como “metafísica” e citações de filósofos como Kant. Para mim basta saber que o termo origina o tal do “romance de formação”, que é algo que me apetece ler.

Anúncios

Sobre gilvas

Pedante e decadente, ao seu dispor.
Esse post foi publicado em Filosofia de Boteco e marcado , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s