Eu nunca

Eu nunca. Coisas simples como afinar um violão. Sempre dependi das pequenas máquinas para isso. Máquinas silenciosas que devoram os pequenos sons e os classificam. Esmagam-nos entre as pequenas engrenagens, despem suas entranhas relativas. Colocam cada som em uma gaveta. Eu estico e relaxo as cordas. Até que a pequena máquina acenda uma luz verde e me diga para parar. Sim, é uma luz verde. Para parar.

Eu nunca. Coisas triviais como terminar um cubo de Rubik. Ganhei o meu quando tinha oito, nove anos. Sempre odiei quebra-cabeças. Detesto intíma e firmemente quem me oferece um daqueles brinquedos de metal, tiras retorcidas e entremeadas. Do tipo que se compra em viagens a lugares sem graça. Tiras tortas de metal que foram enroscadas por aqlguém mais engenhoso do que eu. Tiras que me tiram o bom humor. Não consigo detestá-las, então detesto a mão que mas oferece.

Eu nunca. Coisas cruciais para um adolescente que não ia bem na educação física. Jogar xadrez. Sempre ruim. A preguiça de competir, de levar o conflito simulado ao seu extremo planejado. A pachorra de se deixar levar. Que leve de uma vez todas estas peças. Que outra pessoa chegue e se entretenha nestes malabarismos matemáticos, nesta geometria tão bem cinzelada que me inspira um tédio mortal.

***
Caso eu me impressionasse com minhas vitórias, quem sabe eu me importasse com estas frustrações, estas coisas bobas que nem consigo classificar como derrotas. Os grandes são derrotados. Os pequenos apenas se frustram. Os pequenos apenas se lançam à poeira dos dias. Apenas os pequenos sabem caminhar um dia por vez. Seus sonhos são construídos, e não inflados. Seus sonhos não estouram ou explodem ou entram em combustão pirotécnica; eles apenas ruem. Ruir é uma forma menor do desabar.

***

A imagem veio daqui.

Anúncios

Sobre gilvas

Pedante e decadente, ao seu dispor.
Esse post foi publicado em Impressões e marcado , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s