Philip K. Dick: O Homem no Castelo Alto

highcastle

Você já assistiu a Minority Report. É uma das ficções científicas mais instigantes de todos os tempos. Mesmo filtrada pela máquina róliudiana. Mesmo sendo protagonizada pelo pausterizante Tom Cruise. Philip K. Dick escreveu o conto que deu origem a este filme, assim como a muitos outros.

Encontrei O Homem do Castelo Alto no Sebo Império, ali na Avenida Hercílio Luz, um dos sebos mais legais de Florianópolis. Por três pilas e noventa. Um exemplar da coleção Asteróide, editora Sabiá. Aamrelo e manchado, papel que mais parece uma matriz grosseira de fibras e celulose. Charme total, em suma.

Não obstante considerações estéticas ao volume físico, o conteúdo é simplesmente inebriante. Dick tem as manhas de juntar as traquitanas típicas da ficção científica a uma cuidadosa visão do ser humano dentro de uma trama viciante.

No livro, a segunda guerra foi vencida pelo Japão e pela Alemanha. Só que não. Mas não vem ao caso. Dick brinca com os limites da realidade, envolve o leitor em uma trama estranha, cujas linhas remetem constantemente ao I Ching, mas sem os ranços esotéricos que geralmente o cercam.

As personagens se relacionam à distância, cada qual em sua trama específica. As tramas se tocam em alguns pontos, mas sem aquela coisa enjoativa que assola vários exemplares atuais de películas modernosas. Dick é prolixo, curto e grosso. Sua poesia é volátil, sempre a serviço da construção psicológica de suas personagens.

Em tempo: não há um protagonista. Este fato arranca a narrativa da época em que foi escrita. Dick poderia ter escrito este texto na semana passada, é o que parece. O mergulho em seu universo é intenso. Passei a ver os corredores de um prédio conhecido, que visitei hoje de manhã, de forma surreal. É um exemplo apenas.

O livro termina de forma abrupta. Num silêncio grávido de sensações e idéias fugidias.

Anúncios

Sobre gilvas

Pedante e decadente, ao seu dispor.
Esse post foi publicado em Literatura e marcado , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s