Sobre um Tigre

tigre
(…)
Shall I stay here at the zoo
Or should I go and change my point of view
For other ugly scenes
(…)

(Big In Japan, sucesso do grupo alemão Alphaville nos anos oitenta)

Um dos tópicos quentes do momento é o garoto que foi atacado por um tigre num zoológico em Santa Catarina. Eu não li nada sobre o assunto, apenas ouvi os zumbidos ao meu redor. As pessoas discutem os detalhes, sobre quem deveria ser condenado, sobre quem está errado, e tudo não passa de picuinhas, frívolas picuinhas.

A verdade maior e mais desagradável, neste caso, é que zoológicos são testemunhos palpáveis da falta de civilidade do ser humano. Uma sociedade civilizada permitiria que seres vivos sencientes fossem aprisionados para o deleite perverso de outros seres vivos sencientes? Eu penso que não, que já deveríamos ser mais evoluídos do que isso.

Esta desgraça, que se abateu sobre a vítima e sobre o tigre, este também uma vítima, conforme descrito acima, poderia ser uma boa chance do cidadão comum, atordoado diariamente por uma mídia que glorifica a escravidão animal, refletir sobre o que as atrocidades que está patrocinando quando compra um ingresso de zoológico.

Há quem defenda zoológicos, justifique-os por conta das pesquisas em andamento nestes locais. Certas espécies só sobrevivem em zoológicos, pois seu habitat foi destruído por esta mesma raça humana que quer defendê-los por meio de aprisionamento e exibição. Esta esquizofrenia do ser humano deveria ser tratada psiquiatricamente, e não glorificada.

Tenho a polianesca esperança de que este debate possa acender, em algumas pessoas, a consciência de quão monstruosos os seres humanos sempre foram, e ainda são. Não espero que se deparem com os dilemas que assolam o Noé de Darren Aronovski, mas apenas que passem a desprezar o cruel divertimento de ver animais aprisionados e ridicularizados. E que todos os zoológicos vão à falência, claro.

Anúncios

Sobre gilvas

Pedante e decadente, ao seu dispor.
Esse post foi publicado em Filosofia de Boteco e marcado , , , . Guardar link permanente.

2 respostas para Sobre um Tigre

  1. Jeane disse:

    Foi num zoo de Cascavel Paraná.

    • gilvas disse:

      jeane, agradeço a correção. mas, para ser sincero, não faz a menor diferença onde ocorreu, pois eu desejo que todos os animais sejam libertados do destino odioso que é um zoológico.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s