Arquivo da tag: vitor ramil

Vitor Ramil: Satolep

Minha companheira de anos, ao ver a primorosa edição que a Cosac Naify dedicou ao último romance de Vitor Ramil, e baseada no testemunho de pessoas próximas que conhecem Pelotas, confessou estar imaginando o que poderia se escrever de atraente … Continuar lendo

Publicado em Literatura | Marcado com , , , , | Deixe um comentário

Outro paradoxo

A praça de alimentação ia enchendo, e os pratos vazios refletiam o espalitar dos dentes. Momento para aquela reflexão digestiva, pensar que há ainda, na rotina, espaço para divagar um pouco. Salta um paradoxo, rápido mas não apressado, como gosta … Continuar lendo

Publicado em Filosofia de Boteco | Marcado com , , , , | Deixe um comentário

Apanhador Só

2010 vai de vento em popa, e, apesar de ainda ser Julho, aposto que nenhum disco de artista brasileiro vai me impressionar tanto quanto o auto-intitulado da banda gaúcha Apanhador Só. Descobri a bolacha em uma entrevista dada pela banda … Continuar lendo

Publicado em Música | Marcado com , , , , | 5 Comentários

Vitor Ramil: Pequod

Vitor Ramil é um cara respeitoso. Ele é do tipo que conhece a fundo seus heróis, e seus heróis são o tipo de caras que habitariam romances tão grandiosos quanto os que escreveram. Mesmo que não tenham escrito romances, como … Continuar lendo

Publicado em Literatura | Marcado com , , , , , | Deixe um comentário

Dois Cachorros

Tem uma historinha que você pode encontrar em dezenas de textos de auto-ajuda, e com a qual, com certeza, você já topou por aí. Trata-se de: Um ancião índio norte-americano certa vez descreveu seus conflitos internos da seguinte maneira: “Dentro … Continuar lendo

Publicado em Bichos | Marcado com , , , | 5 Comentários

Vitor Ramil: Longes

Uma guitarra saturada irrompe na abertura de Longes, novo álbum de Vitor Ramil, e não, não é rock. O Primeiro Dia tem gosto de Tambong, e uma melancolia saudável, do tipo que o compositor pelotense absorve do tango e suas … Continuar lendo

Publicado em Música | Marcado com , , , , , | 4 Comentários

Dois Livros

Relatos de viagens nunca me atrairam muito, e Guerra nos Balcãs, de John Reed, pende fortemente para este tipo de “literatura”, que tenta justificar-se pelo mote “estive lá, posso escrever sobre aquilo” em lugar de “diabos, meu ímpeto escrevinhador me … Continuar lendo

Publicado em Literatura | Marcado com , , , , , , | 1 Comentário