Rascunho: Manifesto Gordo

apelação é meu nome do meio.

Gordo gosta de paradoxos. Já reparou como tem gordo que usa abrigo esportivo? Um desavisado poderia acreditar que se trata de um balofo em recuperação para o mundo civilizado, mas é apenas um indivíduo que busca acomodar suas dimensões paquidérmicas em roupas folgadas e coloridas.

Gordo costuma suar mais do que as pessoas magras, o que justifica uma vez mais o uso de abrigos esportivos, dado que estes geralmente são projetados para liberar rápida e efetivamente o suor e outras secreções menos publicáveis.

Sim, gordos podem ser bastante inteligentes e ligados em novidades tecnológicas. Esta segunda faceta, inclusive, normalmente vem acompanhada por um indisfarçável gosto por sofás aconchegantes, do tipo que armazena, em suas dobras, misturas exóticas de salgadinhos diversos e uma fatia perdida de pizza. E o que gordo gosta de ver na televisão? Esportes, é claro!

Voltando aos paradoxos, já notou como gordo joga fácil a toalha? Gordo sempre está na frente do elevador, mesmo que este esteja sendo travado três andares acima por uma das secretárias biscates que está dando em cima do novo estagiário do financeiro e demorando horrores. Uma consideravelmente maior porcentagem de magros já se encaminhou pelas escadas, e lá fica o hipopótamo de camisa pólo batendo o pé dentro do Nike Shox roxo.

Gordo lê as recomendações do fisioterapeuta: “Evite o elevador, use as escadas”, e obedece parcialmente. Ele só desce as escadas. Além de perder mais de metade do exercício, ainda ferra com o joelho, que tem de agüentar o peso da orca terrestre. Sim, gordos podem ser inteligentes, mas, como quase qualquer pessoa, botam tudo a perder quando resolvem ser “espertos”.

Tenho uma teoria para comunicações, entre muitas, que provavelmente vocês já conhecem ou utilizam: moças simpáticas ao telefone quase sempre são gordinhas. Fiz um estudo com um campo amostral relevante, e cheguei a dados conculsivos sobre o assunto. O problema é que eu não desenhei uma hipótese para o caso, fiquei apenas na avaliação empírica.

O cientista que habita os recônditos da minha mente ficou deprimido por uns dias, até que observei uma nova tendência: os gordinhos estão deixando de ser simpáticos. Pode ser culpa dos aditivos industriais nos alimentos, principalmente nos embutidos, o fracasso de iniciativas pré-fracassadas como Fat Family, ou, mais provavelmente, da atual crescente população de rolhas de poço.

***
Caro gordinho que ficou bravo com o meu texto: recomendo a leitura da série de tiras do Garfield em que ele conta várias piadas de magros, incluindo a infamíssima piada do cara que era tão magro que usava pijama de uma listra só. Ou vai na lanchonete da Irma!

Anúncios

Sobre gilvas

Pedante e decadente, ao seu dispor.
Esse post foi publicado em Bobagens e marcado , , , , , . Guardar link permanente.

15 respostas para Rascunho: Manifesto Gordo

  1. Hanna disse:

    Depois disso vou virar anorexica e vomitar até a agua que eu beber

  2. Hoje com a internet acessível a todos, qualquer cretino e imbecil se acha “o jornalista” ou o Rafinha Babaca Bastos, com aquele humor que só faz as pessoas rirem de constrangimento por ouvir tantas grosserias.

    Não fiquei com raiva, não achei engraçado o seu texto, no minimo preconceituoso. O que eu senti de verdade foi pena de você, tive dó de uma criatura que provavelmente não tem vida própria. Onde o ponto alto do seu dia deve ser quando você fica pensando em palavras para ofender as pessoas pra ver se esquece a vida miserável que tem.

    Pelo texto pobre, sem coerência e coesão eu deduzo que você deva ter uns 10, 12 anos, deve passar umas 18 horas por dia, no computador, não deve ter amigos, nem vida social, deve ser um punheteiro e o máximo que deve saber sobre mulheres é o que os seus amigos contam.

    O que eu recomendo a você? O livro: Para entender o texto – leitura e redação – autores: Platão e Fiori; editora: Ática; qualquer edição, seu caso é grave.

  3. jCASCAv disse:

    Você deve ter um complexo de inferioridade incrível para se achar no direito de discriminar as pessoas deste modo…

  4. Regina Gordinha disse:

    Hum… Acho que só mudaria o título.

    Rascunho: Manifesto de um Magro que não ganhou chocolate na páscoa.

    Tudo bem, te dou um dos meus, hihihi…

  5. A. disse:

    Excelente texto, Sr. Tessari. Vale um chocolate! Beijocas!

  6. mafra disse:

    adorei. aliás, tenho uma amiga que desenvolveu várias teorias sobre pessoas gordas. primeiro as desacreditei. depois me convenci de suas veracidades… hoje, depois de ter me aproximado de um notório gordo de floripa, duvido de parte das teorias…

    mas adorei tuas “anotações”.

    • gilvas disse:

      as teorias da tua amiga estão publicadas? como este texto é apenas o embrião de uma teoria geral sobre gordos, eu gostaria de ter mais referências.

  7. Humberto disse:

    orca terrestre kkkkkkkkk

    • Humberto disse:

      mss parece que as baleias eram animais terrestres mesmo. vi no animal planet.

      • gilvas disse:

        eu li na national geographic. aparentemente, elas foram para a terra, viram que a coisa estava feia, e voltaram correndo para a água. aliás, não foi bem correndo…

  8. Turnes disse:

    Hoje eu estava assistindo o primeiro episódio do seriado The Big C, com Laura Linney. Ela é professora e tem como aluna a gordacha do Preciosa. A Preciosa foi malcriada na aula, Laura chegou no ladinho dela e disparou: “Querida, vc não pode ser gorda e malvada. Lembre-se as pelancas afastam as pessoas, você deve ser alegre, para atraí-las de algum jeito”. A perfeita justificativa para a existência do gordo tolo, né?

    • gilvas disse:

      perfeito, monsieur turnes, nada menos do que perfeito. aliás, o meu blogue acha que o seu email é de criciúma, haha!

  9. nanda disse:

    tudo bem, tá catalogado como bobagem e eu devia considerar só assim.
    mas acho que você pegou pesado nos adjetivos. sem querer fazer trocadilhos. ai, saiu só! ahhahaha

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s