Arquivo da tag: wilde

Duas mentiras sobre o amor

Há duas mentiras muito arraigadas sobre o amor. Ou mais. Eu não saberia dizer se há outras. Se houver, eu sei dizer que, neste momento, são essas duas as que protagonizam minhas ideias. Estas mentiras são cantadas em poemas, em … Continuar lendo

Publicado em Filosofia de Boteco | Marcado com , , , | Deixe um comentário

Extraño

Tive meia dúzia de aulas de espanhol. Fracas. Estou muito próximo à estaca zero. Apesar do espanhol ser um idioma assemelhado ao português, não me sinto à vontade com ele. A proximidade, provavelmente, me intimida. O verbo “extranãr” significa algo … Continuar lendo

Publicado em Filosofia de Boteco | Marcado com , , , , | 7 Comentários

Nick Hornby: Alta Fidelidade

Manfredini cantava que o “futuro não é mais como era antigamente”, e uma horda de nostálgicos pode encarar sua frase como uma convocação para a tomada das ruas. Bobagem, mas a nostalgia pode ser exemplificada pela sensação estranha de que … Continuar lendo

Publicado em Literatura | Marcado com , , , , , , , , , , , | 2 Comentários

Jason Socrates Bardi: A Guerra do Cálculo

Jason Socrates Bardi, autor de A Guerra do Cálculo, propõe-se a contar uma das mais interessantes histórias acerca da ciência, a saber, a briga entre Newton e Leibniz pelo reconhecimento da criação do cálculo diferencial.

Publicado em Literatura | Marcado com , , , , | 1 Comentário

As Dores de Alan Moore

Alan Moore é um sujeito que deve se incomodar um monte. Não, eu não conheço Alan Moore, a pessoa. Vi algumas fotos, e ele, visualmente, é o tipo de cara que você encontra em botecos sebentos de rock, aqueles lugares … Continuar lendo

Publicado em Cinema Gringo, Quadrinhos | Marcado com , , , , , , , , , | 2 Comentários

Jeffrey Steingarten: O Homem que Comeu de Tudo

Esta resenha está dividida em duas partes. Para o pessoal otimista e bonzinho, que não gosta de pessoas sendo achincalhadas e maltratadas neste espaço, recomendo a leitura apenas da primeira parte, onde escrevo sob os auspícios da minha experiência com … Continuar lendo

Publicado em Gastronomia, Literatura | Marcado com , , , , , , | 5 Comentários

Beleza

Passando sonolento diante das fachadas dos prédios da Expressa Sul, junto ao bairro Saco dos Limões, os penduricalhos luminosos se espalham pelas sacadas, sem padrão, sem cuidado, sem princípio, sem Beleza. Wilde professa a Beleza como essencial nas linhas e … Continuar lendo

Publicado em Filosofia de Boteco | Marcado com , , , , , , | 2 Comentários