Arquivo da tag: neil hannon

Claudia Wallin: Um País Sem Excelências e Mordomias

Neil Hannon declara, em uma canção de seu disco Fin de Siècle, que vai se mudar para a Suécia quando seu trabalho estiver terminado. Seja qual for o trabalho a que Hannon se refere, a canção leva o nome deste … Continuar lendo

Publicado em Literatura | Marcado com , , , , , | Deixe um comentário

Prateleira

A câmera passa lenta diante da prateleira repleta de livros.

Publicado em Filosofia de Boteco | Marcado com , , , | Deixe um comentário

The Divine Comedy: Regeneration

Neil Hannon é um cara sério.

Publicado em Uncategorized | Marcado com , , , , , | 2 Comentários

Faxina OST

A faxina do lar é um momento de contemplação de novos horizontes musicais. Curiosamente, os novos horizontes podem se encontrar justamente onde a patuléia e os pedantes neófitos enxergariam apenas a raspa do tacho mais trivial da popularesca música mundial. … Continuar lendo

Publicado em Bobagens | Marcado com , , , , , , , | 10 Comentários

Danis Tanovic: L’Enfer

A obra de Krzysztof Kieslowski se manifesta em uma época de transição. Li, certa feita, que a pá de cal para o romance novecentista teria sido o surgimento do telefone. Sem a confusão de mensagens, mensageiros e seus desencontros, não … Continuar lendo

Publicado em Cinema Europeu | Marcado com , , , , , , , , | 1 Comentário

Sobre as Ondas

A vida vem em ondas como o maaaaar. Você já ouviu isso mais de uma vez, seja pela voz do seu autor, Lulu Santos, seja em alguma versão de astro pop ki-suco instantâneo em especial da Globo, seja em versão … Continuar lendo

Publicado em Filosofia de Boteco, Oriente | Marcado com , , , , , , , | 1 Comentário

The Divine Comedy: Victory for The Comic Muse

O título do disco novo de Neil inspira sensações conflitantes. Remeter ao primeiro EP, quando ele ainda dividia as luzes do Divine Comedy com seus amigos nativos de Londonberry, faz minha cabeça oscilar entre as canções derivativas de REM, muito … Continuar lendo

Publicado em Música | Marcado com , , , , | Deixe um comentário