Arquivo do mês: junho 2011

A ficção está em outro lugar

A ficção, mais a torto do que a direito Anúncios

Publicado em Filosofia de Boteco | Marcado com , , , , , | Deixe um comentário

Outro paradoxo

A praça de alimentação ia enchendo, e os pratos vazios refletiam o espalitar dos dentes. Momento para aquela reflexão digestiva, pensar que há ainda, na rotina, espaço para divagar um pouco. Salta um paradoxo, rápido mas não apressado, como gosta … Continuar lendo

Publicado em Filosofia de Boteco | Marcado com , , , , | Deixe um comentário

Marc Fitoussi: Copacabana

“Admiro o trabalho de Isabelle Huppert” é uma frase que, para mim, materializa uma obviedade tremenda. Huppert é a dama do cinema francês

Publicado em Cinema Europeu | Marcado com , , | Deixe um comentário

Subversão Corporativa

As agências de testes vocacionais deveriam ser rastreadas pela inteligência nacional. Todas. Assim que saísse um candidato fortemente inclinado a seguir uma carreira em publicidade, ele deveria ser seguido por agentes especiais, e obliterado deste plano de existência. Em silêncio, … Continuar lendo

Publicado em Filosofia de Boteco | Marcado com , , , , , , | 4 Comentários