Arquivo da tag: cinema independente

Jason Reitman: Juno

Se adolescentes disfuncionais ianques fossem realmente interessantes, provavelmente teríamos suas fotos em enciclopédias, e não apenas em seus fotologs. Obviamente, esta não é opinião do diretor de Juno, sucessora de Miss Sunshine em meu desgosto com o cinema indie dos … Continuar lendo

Publicado em Cinema Gringo | Marcado com , , , , | 4 Comentários

David Slade: Hard Candy

Terrível ter de frustrar uma expectativa negativa logo em um dia em qual eu estava com vontade de apedrejar algum filmezinho pseudoalternativo americano. E olha que a perspectiva era boa, a começar pela tradução patética do título, que passou de … Continuar lendo

Publicado em Cinema Gringo | Marcado com , , , , , | Deixe um comentário

Hany Abu-Assad: Paradise Now

Minha expectativa, enquanto entrava na sala do cinema do CIC, era a de mais um filme folclórico, filmado em um campo de refugiados, ou em uma localidade distante. As locações remotas são uma constante nas películas do universo árabe e … Continuar lendo

Publicado em Cinema Oriental | Marcado com , , , , , , | Deixe um comentário

Bennett Miller: Capote

As árvores são recortadas de cinza em suas formas seca no Kansas que Truman Capote visita. Apesar do óbvio descritivo, é difícil encontrar nele o que Morrissey parecia adorar, a ponto de adornar uma capa de compacto com ele. Nunca … Continuar lendo

Publicado em Cinema Gringo | Marcado com , , | 4 Comentários

Alexander Payne: Sideways

Sideways é um filme qual se entra sem dificuldade. A câmera digital e os enquadramentos despretensiosos, quase em esquema televisivo, o tornam palatável é  platéia mediana. No mesmo nível qualquer nota vai a trilha, que, por vezes, parece ter sido … Continuar lendo

Publicado em Cinema Gringo | Marcado com , , , , , , , | 1 Comentário

John Sayles: Casa dos Bebês

Poucas coisas me comovem mais do que a boa vontade do cinema independente norte americano; no exemplar de hoje, vemos um grupo de atrizes de meia idade interpretando mulheres que vão ao México em busca de bebês para adoção. Algumas … Continuar lendo

Publicado em Cinema Gringo | Marcado com , , , , , | 1 Comentário

Ken Park, Monstro Verde e EMBRATEL

Aviso: Este texto contêm palavrões à socapa, além de uma alta dose de embromação. Ken Park. Eu pensava que era uma das empresas do maridão da Barbie, aquela que monopoliza os estacionamentos e fornece flanelinhas no mundo encantado das bonecas que … Continuar lendo

Publicado em Bobagens, Cinema Gringo | Marcado com , , , , , , , , , | 4 Comentários