Arquivo do mês: fevereiro 2004

Camerata Florianópolis: As Quatro Estações

Este texto foi escrito sob a influência de meia garrafa de Vinho Tinto Bonarda, de origem argentina. Preciso dizer mais alguma coisa? “Beijo na boca é coisa do passado, o lance agora é namorar pelado” É o que canta o poeta nos alto … Continuar lendo

Publicado em Mau Humor, Música | Marcado com , , , , | 1 Comentário

Mike Leigh: Agora ou Nunca

O que há em comum entre o roteiro de Agora ou Nunca, e aquele de uma novela urbana global do horário das oito? Filhos birrentos e estúpidos, mocinhas que engravidam e apanham do namorado, pais passivos, mães protetoras, uma bêbada … Continuar lendo

Publicado em Cinema Europeu | Marcado com , , , , | 2 Comentários

Sobre o Tempo

Eu estava papeando com uma amiga que está em fase inicial de paixonite, e ela me dizia o quanto estava se sentindo bem por estar com o José, e que não entendia como pudera ficar tanto tempo com um tosco … Continuar lendo

Publicado em Filosofia de Boteco | Marcado com , , , , , | 1 Comentário

Aos Berros e Morte

Moro no Morro das Pedras há mais de dez anos, contando uma interrupção de módicos oito meses, durante os quais passava os finais de semana aqui, de modo que considero um período contínuo.

Publicado em Filosofia de Boteco, Quadrinhos | Marcado com , , , | 1 Comentário

Ah, o Carnaval…

Fevereiro segue esvaindo-se, e Neil Hannon canta por aqui, pomposo como sempre deveria ter sido. Esta canção, Sticks And Stones, leva-me a diversos lugares. O primeiro desses lugares é a cozinha da minha casa, ontem. Comendo meu lanche, a televisão … Continuar lendo

Publicado em Bobagens, Gastronomia, Televisão | Marcado com , , , , , , , , , | 3 Comentários

Ficção No.10

Enquanto caía, ocorreu-lhe que nunca tinha pensado em voar. Sua mente providenciou cenas do passado em convenientes tons de sépia, e ele viu garotos correndo de braços abertos, com toalhas amarradas ao pescoço. As capas dos heróis, contaram para ele … Continuar lendo

Publicado em Ficções | Marcado com , , , | Deixe um comentário

Gaspar Noe: Irreversible

Segundo boa parte da crítica que li rede afora, o filme de Gasper Noe foi feito para chocar. Como não conheço as intenções do diretor, e realmente não estou muito interessado, resta-me analisar o fato a partir da evidência de … Continuar lendo

Publicado em Cinema Europeu | Marcado com , , , , | 1 Comentário