Arquivo do mês: setembro 2003

O Intruso e a Poeira

Meu primeiro Faulkner foi “O Intruso”, em um volume do Círculo do Livro, capa dura, que eu achei em um sebo, praticamente novo, por algum valor inferior a cinco pilas. O título original, conforme mostra a figurinha aí em cima, é … Continuar lendo

Publicado em Literatura, Natureza | Marcado com , , , , , | 2 Comentários

Nelson Freire

Um filme ruim sobre um artista fenomenal. Salles parece ter gravado alguns rolos de fita, entrado em uma sala de edição, e feito uma compilação de momentos passáveis. As cenas parecem ter sido jogadas dentro de um balaio, e não … Continuar lendo

Publicado em Cinema Mercosul, Impressões | Marcado com , , , , | 2 Comentários

Procurando Nemo

  O Cine York tem o privilégio de deixar minhas opiniões cinematográficas bem mais amenas. Para se ter uma idéia, o único filme que eu realmente detestei lá foi Erin Brokovitch, apesar do decote generoso da Julia Roberts. Hoje foi … Continuar lendo

Publicado em Cinema Gringo | 2 Comentários

From The Morning

Das maravilhas de acordar cedo. Respirar o ar frio da manhã; ele não parece aquele ar de ontem à tarde, ontem à noite, carregado de humores do dia. Reparar que as nuvens são gélidas, moldadas pelas bordas do dia, e untadas pelo … Continuar lendo

Publicado em Natureza | Marcado com , , , , | 3 Comentários

Dois filmes de terça

Desmundo surpreende duas vezes. A primeira vez é pela qualidade. A produção é primorosa, a direção é firme, a atuação dos globais é soberba, a língua rude é convincente, o som é muito bom, a trilha não desafina do tom … Continuar lendo

Publicado em Cinema Gringo, Cinema Mercosul | Marcado com , , , , , , , , , , | 1 Comentário

Mais um dia em Florianópolis…

Hoje, tomei coragem em doses alopáticas, e decidi-me a desbravar o sistema de transportes da Tia Ângela. Confesso que minha expectativa estava mais baixa do que vôo de marreca choca, e acabei me surpreendendo. Consegui uma seqüência muito feliz no … Continuar lendo

Publicado em Literatura, On The Road | 2 Comentários

Wolfsheim: Casting Shadows

Um dos meus pecados, e como há deles, musicais, que me impedem de ser considerado um bom apreciador de música cool, é gostar de technopop. Sim, é bem isso que você pensou: aqueles cantores decadentistas, aquelas duplas de sintetizador e … Continuar lendo

Publicado em Eletronices | Deixe um comentário