Arquivo da tag: aldous huxley

Aldous Huxley: After Many a Summer Dies the Swan

Sempre me deixou curioso o conjunto de eventos que levou Aldous Huxley de romances como Brave New World a ensaios religiosos e pirações metafísicas e religiosas. Este After Many a Summer Dies the Swan me deu algumas pistas de como … Continuar lendo

Publicado em Literatura | Marcado com , , , | Deixe um comentário

André Gide: O Imoralista

O Imoralista é uma novela curta, cerca de cento e cinquenta páginas, escrita em prosa cuja deglutição não demanda maiores dificuldades e ainda provê algum nível de entretenimento. A orelha do livro declara que este livro é o primeiro de … Continuar lendo

Publicado em Literatura | Marcado com , , | Deixe um comentário

As Dores de Aldous Huxley

Estou no terminal de integração do Rio Tavares. O televisor, entre uma propaganda de loja de sapatos de gosto duvidoso e ofertas numerosas de empregos em tele-marketing, me informa que o próximo ônibus viável sairá em mais de vinte minutos, … Continuar lendo

Publicado em Filosofia de Boteco | Marcado com , , , , , | 3 Comentários

Michael White: Rivalidades Produtivas

A premissa de Rivalidades Produtivas é relacionar oito conflitos que redundaram em avanços na ciência e/ou na tecnologia.

Publicado em Literatura | Marcado com , , , , , , , | Deixe um comentário

Aldous Huxley: Contraponto

Entre a primeira e a segunda guerras mundiais, existiu uma era de mudanças que acabou por moldar o que entendemos hoje como o século XX.

Publicado em Literatura | Marcado com , , , , | 1 Comentário

Sem Olhos Em Casa

Apesar de ser um engenheiro eletricista, resolvi seguir meu juramento de formatura, que fala, em alguma parte soterrada pela choradeiras das avós e das mães, que o formando não se deixaria cegar pelo brilho excessivo da tecnologia e blablablá. Acredito … Continuar lendo

Publicado em Filosofia de Boteco | Marcado com , , , , , , , | 6 Comentários

Aldous Huxley: Sem Olhos Em Gaza

O meu primeiro Huxley foi o de Admirável Mundo Novo. Assim como de muitos ele é o único. Vergonha menor, que empalidece diante da de nunca ter lido a distopia primordial e essencial de toda uma batelada de ficção científica … Continuar lendo

Publicado em Literatura, On The Road | Marcado com , , , | 2 Comentários