Arquivo do mês: janeiro 2008

Ao meu redor

Um trintão passa ao meu lado na frente do restaurante. Ao celular ele fala, à  guisa de despedida para a pessoa do outro lado da linha: Deus te abençoe. Depois outras palavras são emitidas, mas eu ainda estou pensando em como … Continuar lendo

Publicado em Impressões | Marcado com , , | 2 Comentários

Moacyr Scliar: A Orelha de Van Gogh

A minha edição de A Orelha de Van Gogh tem uma capa em um estilo tão anos oitenta que eu não consigo entender como ela não está manchada de verde limão ou rosa choque em quadriculados negros. Eram os estertores … Continuar lendo

Publicado em Literatura | Marcado com , , | 1 Comentário

Marguerite Yourcenar: A Obra em Negro

Poucos livros são tão facilmente definí­veis quanto A Obra em Negro, de Marguerite Yourcenar.  Nem mesmo consigo pensar em nada além de “tijolaço”. Não se trata de um volume fisicamente assustador; são apenas trezentas e poucas páginas e um rápido posfácio … Continuar lendo

Publicado em Literatura | Marcado com , , , | 1 Comentário

Jorge

A foto estava na Madre Benvenuta, quase na altura das concessionárias francesas. Xerox. Representado, um cão beagle. Perdido, diz o anúncio.

Publicado em Bichos | Marcado com , , , , | 1 Comentário

Ricardo Van Steen: Noel Poeta da Vila

A sessão dupla no cinema pode causar algumas relativizações prejudiciais à percepção imparcial das películas sob análise. A coisa fica mais grave quando se assistiu primeiro a Tropa de Elite, e o filme relativizado é uma bomba como Noel, Poeta da Vila. … Continuar lendo

Publicado em Cinema Mercosul | Marcado com , , , , | 1 Comentário